anúncio

anúncio

terça-feira, 7 de março de 2017

Ainda posso ler em seu olhar

Ainda posso ler em seu olhar


Ainda posso ler em seu olhar
Agora é tarde para pensar se foi demais ou não
Me deixar ao sopro dos acontecimentos
O tempo passou tão devagar

E a porta esteve sempre aberta
E meu coração ao seu dispor
Mas você não quis voltar
Agora é tarde para se arrepender

Não me faça mais promessas
O frio adormece minha mão
E a noite esta chegando em meu olhar
Apesar de tudo, ainda tenho forças

Para dizer, que nunca deixei de te amar
Sofri, chorei, fui tão infeliz
Cada segundo sem você
Não se esforce tanto para dizer

Ainda posso ler no seu olhar
Aquelas palavras que a distância calou
Agora me deixa fechar os olhos
Não seque esta lágrima

Não acalente esta dor
Sempre chega hora de partir
Mas nunca é tarde, deixe cair
Sua lágrima incontida

Agora não interessa quem estava certo
Apenas deite em meu peito
Deixe que eu adormeça
À noite esta chegando em meu olhar
Então apenas sinta
O que eu não posso mais dizer

Letra enviada por J.Nunes

Nenhum comentário:

Postar um comentário

anúncio